Fechar

Com 50 anos de actividade, a Trivalor, SGPS, S.A. é uma holding de capital 100% nacional que actua no segmento de Business & Facility Services, nas áreas de gestão integrada de serviços, serviços partilhados, saúde e segurança no trabalho, restauração colectiva, restauração pública e catering de eventos, vending, representações e logística, produção alimentar, produção industrial, segurança humana e electrónica, limpeza, benefícios e incentivos, manutenção e gestão de facilities, gestão documental e trabalho temporário e outsourcing.

A abrangente oferta de serviços da Trivalor tem como destinatários empresas e outras organizações públicas e privadas, a operar em diferentes sectores - desde a indústria aos serviços (banca, saúde, ensino, forças armadas e de segurança).

www.trivalor.pt

    Pequeno-almoço? Sim, todos os dias!

    Tal como uma máquina não funciona sem energia, também o ser humano não funciona se não comer. A rotina e o stress de todos os dias começam bem cedo e iniciar o dia com um bom pequeno-almoço é a melhor forma de restabelecer a energia, aumentar a atenção, o sentido de humor e bem-estar.

    Está cientificamente demonstrado que o pequeno-almoço contribui para a manutenção de um peso saudável e é importante para atingir as doses recomendadas de alguns nutrientes. O pequeno-almoço é a oportunidade de repor as reservas gastas durante a noite. A sua ausência leva o organismo a recorrer às reservas, consumindo a própria massa muscular.

    Sair de casa sem tomar o pequeno-almoço traz uma série de inconvenientes para a saúde e bem-estar de todos, em todas as faixas etárias, embora o prejuízo nas crianças e adolescentes seja maior. Os jovens que não tomam o pequeno-almoço são mais desatentos, cansam-se mais e são menos capazes de realizar tarefas que exigem alguma concentração ou coordenação, prejudicando o rendimento físico e intelectual, escolar ou laboral.

    O que fazer para contornar a ausência do pequeno-almoço?

    Muitas vezes a ausência desta refeição verifica-se por uma questão de tempo, ou seja, a falta dele. No entanto levantar um pouco mais cedo ou mesmo deixar o pequeno-almoço preparado no dia anterior, pode ajudar. Por outro lado tomar o pequeno-almoço não significa ter que sentar à mesa todos os dias; pode ser mais fácil optar por alimentos “portáteis” que se levem para comer no caminho para a escola ou para o trabalho.

    O que comer?

    É importante que o pequeno-almoço seja variado e que inclua todos os elementos nutritivos necessários. O ideal deverá ter um alimento do grupo dos lacticínios, como leite, queijo ou iogurte, um dos cereais, como pão, e outro das frutas. Os batidos com leite ou iogurte e fruta, os sumos naturais ou 100%, ou cereais integrais são óptimas opções para começar a manhã.

    Mesmo que o apetite não seja muito, uma simples peça de fruta ou um copo de leite já ajudam a quebrar o jejum, desde que depois se faça um meio da manhã mais completo e equilibrado.

    Para iniciar bem um novo dia com energia e boa disposição o pequeno-almoço é uma refeição indispensável.

    Ultimo conselho: não se esqueça de tomar o pequeno-almoço!