Fechar

Com 50 anos de actividade, a Trivalor, SGPS, S.A. é uma holding de capital 100% nacional que actua no segmento de Business & Facility Services, nas áreas de gestão integrada de serviços, serviços partilhados, saúde e segurança no trabalho, restauração colectiva, restauração pública e catering de eventos, vending, representações e logística, produção alimentar, produção industrial, segurança humana e electrónica, limpeza, benefícios e incentivos, manutenção e gestão de facilities, gestão documental e trabalho temporário e outsourcing.

A abrangente oferta de serviços da Trivalor tem como destinatários empresas e outras organizações públicas e privadas, a operar em diferentes sectores - desde a indústria aos serviços (banca, saúde, ensino, forças armadas e de segurança).

www.trivalor.pt

    Fitoesteróis: aliados da saúde cardiovascular

    Preparação

    As doenças cardiovasculares são responsáveis por cerca de 40% dos óbitos em Portugal, representando a principal causa de morte do nosso país e uma importante causa de incapacidade. Devem-se essencialmente à acumulação de gorduras na parede dos vasos sanguíneos – aterosclerose – a qual se inicia numa fase precoce da vida, progredindo silenciosamente durante anos; habitualmente esta condição encontra-se já num estado avançado quando surgem as primeiras manifestações clínicas. As suas consequências, como sejam o enfarte do miocárdio, o acidente vascular cerebral e morte, são frequentemente súbitas e inesperadas.

    A maior parte das doenças cardiovasculares resulta de um estilo de vida inapropriado e de fatores de risco modificáveis: sedentarismo, hipertensão, tabagismo, stress, obesidade, diabetes e hipercolesterolémia são exemplos.

    Os fitoesteróis são importantes aliados da saúde cardiovascular. Tratam-se de compostos bioativos presentes naturalmente nos alimentos de origem vegetal, em pequenas quantidades, sendo as principais fontes alimentares óleos vegetais (sobretudo os não refinados), frutos oleaginosos (como amêndoas, amendoins, etc.), sementes e cereais (vide tabela 1). Estima-se que a ingestão média diária de fitoesteróis é inferior a 500mg. Desde 1995 que a indústria alimentar oferece alimentos enriquecidos nestes compostos, de modo a facilitar a ingestão diária recomendada de fitoesteróis – 2000mg a 3000mg. Estes alimentos enriquecidos estão desaconselhados durante a gravidez, o aleitamento materno e em crianças de idade inferior a 5 anos. Os utentes medicados para a redução do colesterol apenas deverão consumir estes produtos sob supervisão médica.

    Os fitoesteróis apresentam estrutura química e funções biológicas similares às do colesterol, substância essencial à vida, constituinte das membranas celulares e transportada no plasma sanguíneo de todos os animais. A maioria do colesterol é produzido no fígado e apenas uma pequena parte é proveniente dos alimentos. Porém, quando as suas concentrações sanguíneas se tornam demasiado elevadas, o colesterol assume-se fator de risco. O consumo excessivo de gordura saturada contribui para o seu aumento, enquanto a gordura insaturada ajuda a reduzir ou a manter os níveis de colesterol adequados.

    A evidência científica indica que é possível alcançar uma redução de colesterol LDL na ordem dos 10%, em três semanas, através da ingestão diária de 2000mg de fitoesteróis, como parte integrante de um regime alimentar saudável, sem efeito significativo ao nível do colesterol HDL e triglicéridos. Os fitoesteróis inibem a absorção intestinal de colesterol, sendo este deslocado e excretado do organismo. Esta ação não só interfere com a absorção do colesterol alimentar, mas também parece ter tem efeito na remoção de colesterol das substâncias sintetizadas endogenamente pelo fígado que são reciclados ao nível do trato digestivo.

    Assim, garantir a ingestão de fitoesteróis através da alimentação diversificada, a par de um estilo de vida saudável, poderá ser uma importante forma de reduzir os níveis de colesterol da população e, consequentemente, reduzir o risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

    Adicionalmente, é reconhecido o papel dos fitoesteróis ao nível das doenças autoimunes e de proteção contra o desenvolvimento de cancros.

    Alimento Quantidade Alimento Quantidade de Fitoesteróis
    Margarinas vegetais enriquecidas em fitoesteróis 1 colher de sopa 1600mg
    Iogurte enriquecido em fitoesteróis 200g 800mg
    Leite enriquecido em fitoestrogénios 250ml=1copo 800mg
    Rice bran oil 1 colher de sopa 160mg
    Legumes cozidos 100g 130mg
    Óleo de sésamo 1 colher de sopa 120mg
    Óleo de milho 1 colher de sopa 100mg
    Óleo de canola 1 colher de sopa 90mg
    Pistácios 30g 90mg
    Sementes de girassol 30g 90mg
    Sementes de abóbora 30g 80mg
    Amêndoas 30g 40mg
    Amendoins 30g 40mg
    Óleo de soja 1 colher de sopa 40mg
    Couves de Bruxelas 1 colher de sopa 30mg
    Pão de centeio 2 fatias 30mg
    Azeite 1 colher de sopa 20mg
    Farelo de trigo 1 colher de sopa 10mg
    Outras fontes: bagas de açaí, feijões de soja, óleo de abóbora…

    Fonte: Kotsirilos, V. et al, A guide to evidence-based integrative and complementary medicine, 2011.

    Dr.ª Zélia Santos - Associação Portuguesa de Dietistas